> Institucional> Nossas Unidades> Fale Conosco> Acesso Especial> Webmail
Home do site
Resultado de Exames
Unidades
Convênios
Pré-agendamento
Dicas de Saúde

Os efeitos da quimioterapia na fábrica do sangue

Efeitos na Medula Óssea

A medula óssea é onde o sangue é fabricado. É nela que os glóbulos vermelhos, as plaquetas e a maioria dos glóbulos brancos é formado e completa seu amadurecimento. Como se trata de células em constante renovação (veja abaixo a tabela com o tempo de vida dos principais elementos do sangue), são muito afetadas pelas drogas quimioterápicas. A redução de um ou mais elementos do sangue ocorre, em geral, de 7 a 21 dias após o tratamento. No entanto, há recuperação após algumas semanas. Cada medicamento afeta a medula óssea de maneira diferente.


Glóbulos Vermelhos

A redução do seu número de glóbulos vermelhos se chama ANEMIA

A anemia resulta em menor oxigenação dos tecidos, já que são as hemácias que transportam o oxigênio. Seu organismo tentará compensar esta redução, aumentando o trabalho do coração. São sintomas comuns na anemia: cansaço, fraqueza, sonolência e indisposição. Em casos mais graves, você poderá sentir sintomas da sobrecarga que seu coração está sofrendo, como falta de ar, palpitações e até desmaio. Nestes últimos casos, avise seu médico com urgência.

De uma forma geral, a anemia não significa que você deve restringir todas as suas atividades; mas se ficar cansado, faça uma pausa e descanse. Repeite os limites que seu corpo determinar.


Plaquetas

A redução do seu número de plaquetas se chama PLAQUETOPENIA

As plaquetas são fundamentais no processo de coagulação, auxiliando no controle das hemorragias (sangramentos). Se o seu número é reduzido, nota-se uma tendência a sangrar em qualquer parte do corpo, sendo muito comum sangramentos pelo nariz (epistaxe), nas gengivas, ou ao ferir-se. Os pequenos vasos sangüíneos sob a pele também podem romper-se, formando manchas arroxeadas, chamadas equimoses, e/ou pequeninos pontos vermelhos chamados petéquias. É importante observar urina e fezes para verificar se há sangramento. Fezes negras (tipo borra de café) também são sugestivas de sangramento em trato gastrointestinal alto.

Comunique ao médico qualquer sintoma de hemorragia.

Não tome aspirina, ácido acetil-salicílico (AAS) e antiinfiamatórios ou remédios que os contenham, sem a aprovação do seu médico, pois eles podem interferir na função das plaquetas, aumentando, assim, o risco de sangramento.


Glóbulos Brancos

A redução do seu número de glóbulos brancos se chama LEUCOPENIA.

Quando você faz um exame de sangue, a contagem total de células brancas deve incluir uma "contagem diferencial". A contagem diferencial deve dizer a percentagem de cada tipo de célula branca. O grupo de glóbulos brancos que auxiliam o organismo a combater infecções é chamado de granulócitos ou neutrófilos e, quando sua quantidade diminui, é maior a tendência para infecções. Os neutrófilos são os melhores indicadores da capacidade que seu corpo tem de combater infecções. Isso significa que, em paciente com baixa contagem de neutrófilos (neutropenia), situações comuns como resfriados ou infestações por vermes, que normalmente são bem resolvidos pelo organismo, podem complicar.

GRANULOCITOPENIA ou NEUTROPENIA é o termo que designa a situação em que a contagem de neutrófilos do sangue está baixa.


Quando o paciente está com neutropenia, aconselha-se seguir as recomendações abaixo para evitar infecções:

  • Siga os bons hábitos de higiene.
  • Evite multidões (você não sabe quem pode estar doente ali)
  • Evite contato com pessoas com resfriados, conjuntivite, tosse, ou qualquer outra infecção ou doença contagiosa.
  • Evite situações que resultem em cortes ou fraturas. Se você se cortar, mantenha o ferimento limpo e coberto com gaze.
  • Sempre use sapatos.
  • Proteja as mãos de cortes e queimaduras. Use luvas no trabalho de casa, no jardim e em outros locais.
  • Lave alimentos crus com soluções diluídas de hipoclorito de sódio (encontrado em supermercados, na sessão de vegetais).

Você sabia que os sintomas de uma infecção são produzidos pelo seu organismo, que está lutando contra a esta infecção. Pacientes com neutropenia apresentam esta resposta diminuída. Assim, seu corpo não irá demonstrar claramente os sinais de infecção. Por isso, deve-se ficar sempre alerta para quaisquer sinais de infecção, pois podem aparecer só em estágios mais graves. Se estiver com neutropenia entre em contato com seu médico sempre que sentir:

  • Febre alta - febre com mais de 38ºC deve ser comunicada ao médico imediatamente. Não tome aspirina, ácido acetil-salicílico (AAS), antiinflamatórios ou qualquer outro remédio que os contenha, para baixar a febre, a não ser que isso seja ordenado pelo médico.
  • Vermelhidão, inchaço, sensibilidade à dor, presença de pus em qualquer região, especialmente em corte, fratura, ferida operatória e local de punção venosa.
  • Sensação de queimação ao urinar, ou se urinar muito pouco e com muita freqüência.
  • Tosse, dor de garganta ou congestão pulmonar.
  • Fadiga (sentir-se doente ou muito cansado).
  • Calafrios.
  • Diarréia.
Enviando...